Quando a sátira política deixou de ser engraçada?